Blog

Ressonância Magnética e o seu papel no diagnóstico do Câncer de Próstata

ressonancia-de-prostata

Atualmente, o Câncer de Próstata é o tumor mais frequente entre os homens com mais de 50 anos, sendo considerado o câncer da terceira idade.

Na maioria dos casos, o câncer possui uma evolução assintomática, e é por isso que foi criada a Campanha Novembro Azul, com o intuito de conscientizar a população da importância dos exames de rotina para a detecção precoce.

Segundo estatísticas do Instituto Nacional do Câncer (INCA), o aumento nas taxas de incidência do câncer pode ser justificada pela evolução dos métodos de diagnósticos, junto com a melhoria na qualidade dos sistemas de informação.

O diagnóstico do Câncer de Próstata é por meio da realização de exames de rotina, como o toque retal e dosagem de PSA, sendo que a confirmação do tumor surge através da biópsia guiada por ultrassonografia transretal.

O exame de Ressonância Magnética é de suma importância para complementar o diagnóstico do câncer, pois a análise de imagens de alta resolução possibilita o estudo minucioso das áreas de maior suspeita e do acompanhamento do comportamento biológico de forma não invasiva.

Fonte: UrologiaVida

Comentários